Notícias

ESPECIAL CEARÁ – Fortaleza, sol, calor e tranquilidade.

e singular. (Praia Meireles, Vjeko Kike) Fortaleza é uma capital moderna, das belas praias, do vento suave e do povo conhecido pela hospitalidade e alegria de viver. Alegria encontra-se no dia-a-dia desta cidade onde fazer rir é uma arte, um dom de uma terra que é o berço dos maiores comediantes do Brasil, é o destino certo para quem deseja conhecer uma das mais belas capitais do país. Entre os mais de 2 milhões e 400 mil habitantes, é a quinta capital do país em termos de população. A cidade é composta por cearenses de todo o estado e gente de todo lugar, que vêm compor um conjunto de pessoas acolhedoras, trabalhadoras e bem humoradas. Fortaleza é a capital do Brasil que oferece mais horas de sol durante o ano.A cidade também é famosa pela excelente infraestrutura, contemplar o pôr-do-sol na Ponte Metálica, caminhar pelo calçadão da Av. Beira Mar, passear de barco pela orla, ver as jangadas na enseada do Mucuripe e a noite com todos os seus bares, danceterias e casas de espetáculos são algumas opções para quem visita Fortaleza.O turista encontra verdes mares e céu azul. Com mais de 30 quilômetros de praias com temperatura média de 27° C, possui o clima perfeito para um mergulho nas águas mornas da belíssima Praia do Futuro (oferecendo serviços nas barracas ao longo da orla, cada uma com seu estilo musical e decoração própria), podendo também visitar as praias da região metropolitana entre as mais famosas encontramos: Iracema, Meireles e Mucuripe. Além de várias atrações como o Mercado Central e a Ponte dos Ingleses.

Na Avenida Beira-mar, quiosques e barracas oferecem opções para quem quiser uma bebida gelada ou provar os frutos do mar da região. Na feirinha de artesanato, várias barracas oferecem desde trabalhos em renda e couro até bijuterias e comidas típicas.A cidade tem vários espaços dedicados à cultura. Destaque ao Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, complexo que abriga dois museus, teatros, planetário e cinema – muitas das atrações são gratuitas! Outras opções são o Museu da Cachaça (para conhecer a história da bebida) e o centenário Teatro José de Alencar (aberto para visitas e peças durante o ano todo e dono de um jardim projetado por Burle Marx).

Culinária típica Fortaleza é a porta de entrada para todas as delícias que o Ceará tem a oferecer. A pedida é mesclar ingredientes e criar pratos simplesmente ímpares que variam da gastronomia do sertão à culinária tipicamente praiana, marcada por peixes e frutos do mar. Há pratos típicos e bem brasileiros, como baião-de-dois, doces de rapadura e receitas à base de peixes e caranguejo, além da tradicional cachaça.

Nas noites de quinta-feira, comer caranguejo na Praia do Futuro é o programa tradicional dos fortalezenses que o turista adotou. No bairro da Varjota, Pólo Gastronômico da cidade, a culinária ganha uma mistura de sabores típicos e internacionais em restaurantes bem cearenses que oferecem peixe, lagosta e camarão em combinações irresistíveis. Há também opções de pratos japoneses, portugueses, árabes, chineses, franceses e italianos, como as pizzas, que ganham cobertura de carne-de-sol e caranguejo. Aposte em um jantar no Mercado dos Pinhões (inaugurado em 1897 e foi tombado pela prefeitura), que além dos restaurantes, têm shows de grupos locais.

Como sobremesa, nada melhor que um delicioso sorvete feito de frutas regionais como caju, seriguela, cajá, graviola e sapoti servidos nas sorveterias da Avenida Beira Mar.

Centro de Eventos do Ceará

O Centro de Eventos do Ceará é o mais moderno e bem equipado da América Latina os espaços têm entre 300 m² e 14000 mil m² e possuem toda a estrutura necessária para se adaptarem às necessidades dos clientes

O Centro de Eventos do Ceará (CEC), é o mais moderno do espaço do gênero na América Latina e o segundo maior do Brasil em área útil, com 76 mil m². Uma das suas principais marcas é a versatilidade: trata-se de um equipamento multiuso sua vocação é receber feiras, exposições e outros tipos de eventos. Para tanto, é divisível em até 44 espaços diferentes, adaptáveis às necessidades dos organizadores, abrigando ao mesmo tempo eventos de diferentes tipos, portes e vocações. Dividido em dois grandes blocos, compostos por salão de exposição (com até 13,6 mil m²) e dois mezaninos, com 18 salas modulares cada um. Os espaços têm climatização e iluminação inteligentes; isolamento acústico; instalações elétricas e sistemas de sonorização ambiente, de comunicação e de telefonia. Os pavilhões foram divididos em salões de 1.500 a 4.500m² todos com nomes de grandes destinos turísticos do Litoral Cearense. O Pavilhão Oeste pode ser divido em 5 espaços (Pecém, Taíba, Mundaú, Almofala e Jericoacoara ), e o Pavilhão Leste em três espaços (Icapuí, Aracati e Iguape) por meio de divisórias de 13,65 metros de altura e dobráveis, de modo a ficarem completamente recolhidas em um nicho na parede. Além disso, possuem isolamento acústico. Na entrada de cada salão há um conjunto de sete recepções e/ou secretarias que podem trabalhar em conjunto, dependendo do tamanho do evento. Nos primeiros mezaninos, são oito salas de 300 m² cada, que podem ser utilizadas sozinhas ou em conjunto ( possuem o mesmo sistema de divisórias dos salões). Nos segundos são dez salas modulares. Estas 36 salas (18 em cada bloco), estão equipadas com sistemas de comunicação e de tecnologia e podem ter diversos usos, conforme a necessidade do organizador: auditórios, exposições, palestras, conferências, reuniões, salas de apoio (de administração, de imprensa, de tradução simultânea etc.).

Arena Castelão

O estádio foi inaugurado no dia 11 de novembro do ano de 1973, pelo então Governador César Calls de Oliveira Filho. Com um público calculado de 70.000 pessoas que assistiram à partida inaugural entre Ceará e Fortaleza, conhecido como o clássico rei que terminou com o placar de 0 a 0.

A época de inauguração, o estádio possuía somente dois lances de arquibancada, sem os setores atrás dos gols, ainda a serem completados. Que em 1980 teve o término da construção das arquibancadas. Oh estádio teve uma penúltima reforma em 2002. Sendo ele totalmente remodelado em 2012, para a Copa do Mundo FIFA 2014, evento do qual foi uma das sedes, recebendo seis jogos, entre eles um jogo das oitavas de final, um das quartas de final e dois jogos da Seleção Brasileira. Sua capacidade atual é de 63.903 torcedores. Esta entre os 60 maiores estádios do mundo, é o 4° maior do Brasil e o maior do norte/nordeste.

Visitas Guiadas

Para quem tiver o interesse em conhecer a a Arena Castelão, é oferecido um serviço de visitas guiadas. Basta entrar em contato para fazer uma visita nos horários sugeridos. A visita pode ser individual ou em grupo.Os interessados devem enviar um e-mail com os seguintes dados: para quantas pessoas e a data.

Compartilhar Agora!

Booking.com

Fique Atualizado

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente nossas atualizações

Artigo AnteriorPóximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + treze =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.